Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

Parque Tecnológico Itaipu celebra bons resultados do Show Rural 2020

Parque Tecnológico Itaipu celebra bons resultados do Show Rural 2020

07/02/2020

Mais do que apresentar soluções tecnológicas para o campo, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) aproveitou a sua participação no Show Rural Coopavel 2020, em Cascavel (PR), para fechar importantes parcerias e acordos na área do Agronegócio, uma das quatro vertentes de atuação em seu novo planejamento estratégico.
   
Milhares de pessoas circularam o estande montado no Show Rural Digital, com destaque para a quinta-feira, 6, dia de maior movimento, que contou com a visita do governador do Estado, Ratinho Junior.
   

    
Na parte de fomento à inovação e ao empreendedorismo, o Parque Tecnológico celebrou durante o evento uma parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). O acordo, firmado na quarta-feira, 5, é o ponto de partida para uma série de ações que poderão ser desenvolvidas em prol de projetos que impulsionem a competitividade no Paraná. Além do Agronegócio, a parceria também prevê ações conjuntas nas outras áreas de atuação do PTI: Energia, Segurança de Infraestrutura Críticas e Turismo e Cidades.
   
Também na quarta-feira, 5, a Stac, uma das empresas incubadas do PTI, assinou um contrato com a Cooperativa Copagril, que conta com mais de 5 mil associados. Por meio do acordo, a empresa irá fornecer os equipamentos, sensores e plataforma para o monitoramento em tempo real de três aviários em uma propriedade modelo. Este sistema permitirá que os produtores rurais acessem remotamente dados como temperatura e umidade dos aviários, assim como ganho de peso, consumo de ração e taxa de mortalidade dos frangos. O contrato tem duração de um ano e prevê que, se validada a tecnologia, a solução pode ser disponibilizada a todos os cooperados.
   

   
E para quem deseja transformar uma ideia em negócio, uma oportunidade é participar do novo edital de incubação do PTI, também lançado, em parceria com a Fundação Araucária, durante o Show Rural. A proposta é aliar demandas de empresas de médio e grande porte do Paraná a empreendedores e startups dispostos a propor soluções. Mais informações estão disponíveis no edital completo (https://pti.org.br/incubadorasantosdumont).
    
Ainda durante o evento, representantes do PTI, da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e da Secretaria de Agricultura e Abastecimento se reuniram para discutir possíveis ações conjuntas com foco no desenvolvimento de iniciativas voltadas para a melhoria das atividades de fiscalização de defesa agropecuária.
   
Apoio do governador para Centro de Inteligência Artificial
   

Na tarde de quinta-feira, 06, em passagem pelo evento, o governador Ratinho Junior endossou o movimento das instituições paranaenses que pleiteiam junto ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) a criação do Centro de Inteligência Artificial, com sede em Foz do Iguaçu.
   
A adesão do governo estadual soma forças a proposta apresentada pelo PTI e pela Itaipu Binacional ao ministro do MCTIC, o astronauta Marcos Pontes, e que obteve uma sinalização positiva por parte do ministro. O objetivo é que o laboratório atue com foco na temática da agroenergia e atue de forma integrada com os demais atores do território, tendo antenas funcionamento em outras cidades polos do Oeste do Paraná. A iniciativa conta ainda com apoio da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNDETEC), do Biopark, do Iguassu Valley e do Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), através do Sistema Regional de Inovação (SRI).
   
Durante a visita ao estande do PTI, acompanhado do diretor superintendente do PTI, general Eduardo Garrido, e do diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, Ratinho Junior afirmou que a intenção é integrar ainda mais esse conhecimento ao ecossistema de inovação do Paraná. “O Parque Tecnológico Itaipu tem soluções para diversas áreas que podem servir muito não só para a área pública, mas também para a área privada”.
   
Soluções para o agronegócio
   

No estande montado no Show Rural Digital, o Parque Tecnológico Itaipu apresentou o que vem desenvolvendo para tornar o agronegócio ainda mais próspero no Brasil. Além de expor soluções tecnológicas, o espaço teve apresentações diárias relacionadas a temas como eficiência energética, inteligência de dados, sistema de plantio direto, turismo rural e inovação e negócios.
   
O público do evento pôde conferir de perto inovações como robôs, drones, sistemas, estações climáticas de baixo custo – desenvolvidas em parceria com a Unioeste - além de produtos e serviços de empresas incubadas do Parque e do Centro Internacional de Energias Renováveis (Cibiogás), que apresentou a “Calculadora de Biogás”, uma ferramenta gratuita que permite saber o potencial de produção de biogás pela quantidade de animais, seja de suínos, bovinos ou de aves.
   
Em uma das ações do PTI, oito sensores de monitoramento de dados climáticos foram instalados em pontos distintos do evento. Os equipamentos transmitiam informações como temperatura e umidade - fundamentais para a tomada de decisão dos produtores rurais – que podiam ser acompanhadas pelos participantes em tempo real.
   
Outra novidade foi o lançamento do Expedição do Conhecimento, ação itinerante de Educação Ambiental da Itaipu e do PTI. Em um caminhão-baú, os visitantes podem participar de um roteiro pedagógico e interativo de 30 minutos, com mais de 20 atividades de educação ambiental. O objetivo é levar o caminhão para os 54 municípios do Oeste Paranaense, em um roteiro que será definido. Ainda em fevereiro, Itaipu e PTI vai se reunir com os secretários municipais de educação para explicar a contrapartidas dos municípios e a estrutura necessária para receber a Expedição.