Em workshop, alunos da Especialização em Métodos Numéricos conversam sobre temas da área com doutores da região

Em workshop, alunos da Especialização em Métodos Numéricos conversam sobre temas da área com doutores da região

06/03/2017
O evento reuniu os alunos da especialização e os alunos formados na primeira turma de doutorado em Métodos Numéricos da Fundação

Nessa sexta-feira (03), no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), foi realizado o 1º Workshop do Curso de Especialização em Métodos Numéricos. O evento foi uma oportunidade de integração entre os alunos da especialização e doutores da área, que debateram possíveis temas para trabalhos de conclusão de curso.

 

Os doutores foram formados em 2016, na primeira turma de doutorado interinstitucional (dinter) ofertada pela Fundação PTI em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). O encontro que contou ainda contou com a presença de professores do curso e engenheiros de Itaipu.

 

A gerente do Centro de Estudos Avançados em Segurança de Barragens (Ceasb), pela Fundação PTI, Alexandra da Silva, ressaltou que o encontro também foi uma forma de apresentar as linhas de trabalho do Ceasb. “No dia 17 de fevereiro, nós fizemos uma visita com esses alunos na barragem da Itaipu Binacional. Uma visita técnica focada ao tema segurança de barragens. E hoje nós trouxemos aqui a apresentação das nossas linhas de atuação em conjunto com alunos, engenheiros de Itaipu, e com os professores doutores. A intenção é de que os alunos da especialização tenham um contato maior com o tema que é trabalhado hoje no Ceasb”.

 

Para Dimilson Pinto Coelho, coordenador do Ceasb pela Itaipu, a ideia é dar continuidade aos cursos ofertados. “A formação destes doutores foi um marco e, esse marco, nós estamos trazendo como uma semente que a gente plantou e hoje estamos começando a colher os frutos. A nossa ideia estratégica é que tenha essa continuidade”, explicou.

 

O vice-coordenador da Especialização pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), professor pós-doutor Anselmo Chaves Neto, salientou que o resultado do doutorado foi muito bom para a região, para a Itaipu e, que o conhecimento construído no dinter foi excelente, com a participação dos professores e engenheiros da região. “Este curso de especialização foi construído na mesma linha do dinter e podem ter certeza que vai ser muito bom para vocês. A educação continua sendo a saída: o conhecimento. Esse e outros cursos que acontecem são graças a iniciativas dos engenheiros que buscam trazer conhecimento para a região”, afirmou Anselmo.

 

Para esta ação desenvolvida no PTI, segundo o coordenador executivo da Universidade Corporativa de Itaipu (UCI) e engenheiro da hidrelétrica, Jorge Habib Hanna El Khouri, são necessários três pilares: as universidades, o ambiente de pesquisa e a empresa. “Temos as universidades (a Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste - e a UFPR, que conduziu o processo de formação do dinter), temos o Ceasb que é um ambiente de pesquisa, e temos uma empresa, a Itaipu Binacional, que disponibiliza esse laboratório para a gente. Então essa combinação de três entidades é o que acredito ser o elemento fundamental para dar sustentação para situações colocadas aqui”.

 

Habib destacou ainda aos alunos que “a educação tem um caminho longo, requer paciência a longo prazo, mas não tem outro caminho. Vocês são parte fundamental desse Brasil que a gente sonha!”.

 

 

A Especialização

 

A Especialização em Métodos Numéricos tem duração de dois anos e as aulas, em modo presencial, são realizadas no PTI duas vezes por semana: às sextas-feiras nos turnos da tarde e da noite e aos sábados de manhã e a tarde. Com 34 alunos, a turma de especialização em métodos numéricos será finalizada em 2018.

 

 

Ceasb completa nove anos

 

No mês de fevereiro, o Ceasb completou nove anos de existência promovendo a pesquisa, a educação e desenvolvimento de novas tecnologias aplicadas à segurança de barragens.

 

O Ceasb atua como um centro de pesquisas aplicadas direcionadas a soluções estratégicas em segurança de barragens, que auxiliam a tomada de decisão dos engenheiros da Itaipu.

Os trabalhos do Centro possibilitam um aumento da compreensão dos fenômenos da barragem e das turbinas, tendo como consequência o aumento da segurança e da vida útil da barragem.

 

Em 2016, 58 bolsistas participaram das atividades do Ceasb nas modalidades de iniciação científica, desenvolvimento tecnológico e inovação, mestrado e doutorado. Foram 23 projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação em usinas hidrelétricas, em apoio à UCI. Entre os resultados, divididos por áreas, estão: Geotecnia, Modelagem 3D, Simulação, Ambientes Virtuais, Base de Dados e Dinter.