Corrida da Integração e oficinas fecham Sipat 2019

Corrida da Integração e oficinas fecham Sipat 2019

14/08/2019

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes (Sipat) da Itaipu Binacional e do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), edição 2019, ainda tem muitas atividades previstas para esta quinta, 15, e sexta-feira,16: Corrida da Integração, simulados e oficinas. Mas, na tarde desta quarta-feira, 14, foram encerradas as palestras que trataram o tema deste ano: Ergonomia, compreender para transformar. 

 

Nos últimos três dias, funcionários da Itaipu e do PTI acompanharam palestras que trataram a ergonomia sob diferentes aspectos, como desenvolvimento pessoal, nutrição, tecnologias emergentes e até mesmo por meio de truques de mágicas. Muito mais do que a preocupação com o mobiliário corporativo e a postura corporal, a ergonomia considera a interação entre todos os aspectos envolvidos na rotina de trabalho. O ciclo de palestras foi encerrado com show da banda paraguaia Tierra Adentro, que animou a plateia do Cineteatro dos Barrageiros. 

 

O diretor técnico da Itaipu, Celso Torino, ressaltou que, embora a usina tenha um excelente nível de segurança, “não podemos baixar a guarda”. “Os investimentos são contínuos, seja nos processos, nos procedimentos, no uso da tecnologia – todas as atividades que sabemos que a empresa têm com foco na questão de um ambiente saudável”. 

 

Torino comentou que o tema da Cipa deste ano antecipa uma questão que deve ser observada no processo de atualização tecnológica da hidrelétrica, que deve ser concluído entre 10 e 14 anos. Segundo ele, os equipamentos e soluções tecnológicas que modernizarão a usina deverão atender também a equipe da Itaipu. “Todas as pessoas envolvidas nesse processo precisam ser atendidas na ergonomia cognitiva, de tal maneira que as soluções tecnológicas possam cuidar delas não só sob o aspecto físico, mas também no psicossocial”. 

 


O diretor técnico da Itaipu, Celso Torino, comentou a importância da ergonomia no processo de atualização tecnológica da usina. Fotos: Kiko Sierich. 

 

O diretor superintendente do PTI, General Eduardo Castanheira Garrido Alves, afirmou que, devido à relevância dos assuntos tratados na Sipat, é preciso levar os conhecimentos não apenas para o trabalho, como em outras áreas da vida. “Temos que buscar em tudo isso aquela qualidade de vida que precisamos ter em todas as situações: no nosso ambiente de trabalho, no nosso ambiente familiar”. 

 

O diretor executivo interino do PTI Paraguai, Adrián Osorio, destacou a grande quantidade de público presente nas palestras nos três dias, demonstrando o interesse por parte dos funcionários da Itaipu e dos Parques Tecnológicos do Brasil e do Paraguai em saber mais sobre segurança de trabalho. 

 


O diretor superintendente do PTI, General Eduardo Castanheira Alves, falou sobre a importância de levar o conhecimento adquirido na Sipat para outras áreas da vida. 

 

Durante as palestras, conforme o vice-presidente da Cipa da Itaipu, David Benitez, os participantes aprenderam, por exemplo, que uma boa alimentação e comunicação, e um bom ambiente de trabalho faz parte da seguridade. Ainda segundo Benitez, outro conhecimento obtido na Sipat foi que a ergonomia envolve também aspectos psicológicos, necessária para o desenvolvimento pessoal e profissional. 

 

A Sipat continua com a Corrida da Integração na manhã desta quinta-feira; e simulados na Itaipu e no PTI à tarde. Na sexta-feira, os funcionários que se inscreveram previamente participarão de oficinas do Centro de Valorização da Vida (CVV), Yoga, Primeiros Socorros e Desfibrilador, e Compostagem Doméstica.